Acesse nossa área de cursos online para poder assistir ao melhor do conteúdo online! Acessar
Ir para o site

3 lições da vida de Steve Jobs que você deveria estar aplicando em sua empresa

post-steve

Hoje completam 5 anos da morte de Steve Jobs, um gênio da tecnologia criador da Apple, empresa terceira mais lucrativa do mundo segundo a revista Fortune em 2016.A vida de Steve Jobs é carregada de lições que podemos utilizar em nossos negócios.

Muito mais como homem de negócios do que programador de computadores, com a alta capacidade criativa e vontade de dedicação, Steve Jobs elevou o nível tecnológico e mercadológico ao extremo a frente da Apple, Pixar e Next.

Veja algumas diretrizes que Steve Jobs seguia que podem ajudar a sua empresa a se tornar mais profissional e forte no mercado:

1 – Invista em uma equipe com profissionais excelentes e substitua os medianos ou ruins para evitar más influências

Steve Jobs, ao retornar para a Apple em 1997, pediu que demitissem os profissionais que não eram excelentes. Todos foram demitidos só restando os profissionais que eram excelentes ( nível A ). Steve acreditava que se uma empresa tem um profissional B, mediano, a longo prazo, deixa brecha para que este desmotive os de nível A, tornando-os medianos também. Uma maçã podre no meio das excelentes.

Nunca deixe um profissional ruim ou mediano desanimar seus melhores profissionais.

2 – Invista tempo em atendimento de qualidade aos seus clientes

Computadores da Apple sempre foram muito caros. Ipad, Ipod, Iphone, Newton. Dispositivos que, aqui no Brasil e também em outros países, são considerados caros quando comparados aos concorrêntes direto. A Apple, hoje uma das empresas mais bem sucedidas do mundo, investe muito em atendimento ao cliente, fazendo-os se sentirem especiais de fato. A loja Apple Store americana é tida como um exemplo de atendimento ao cliente no mundo.

Um segundo ponto, em termos de atendimento ao cliente, é a forma com que a empresa administra a experiência de compra de seus produtos. Do atendimento no processo de venda à abertura da caixa do produto. Da experiência de se utilizar um produto de altíssima qualidade ao processo de atualizações de software. A Apple é um exemplo de como uma empresa transforma o preço alto de um produto apenas um detalhe que vale a pena pagar.

3 – Invista em tecnologia sempre. Pense no futuro, seus clientes já estão vivendo nele.

Steve Jobs sempre investiu tempo e dedicação em pesquisa de novos produtos. Esta dedicação tornou viável a criações como o Iphone, o Mac, o Ipad entre outros produtos que sempre estiveram muito além de seu tempo, e venderam como banana em feira.
Muitas empresas hoje não tem sequer um site bem estruturado para o cliente entrar em contato. Não atendem bem o telefone. Pizzarias que não fazem entrega com aplicativos de celular. Lojas de roupas que não tem uma loja online. Empresas que estão no passado e, com o tempo, perdem clientes para empresas que já se adaptaram aos tempos da internet e dos aplicativos de celular e que sabem atender ao cliente moderno.

O livro da biografia de Steve Jobs, escrito por Walter Isaacson, trás muitas outras boas informações que poder ser aplicadas aos negócios, essas 3 são apenas aquelas que as empresas brasileiras, muita das vezes, pecam e não conseguem sequer enxergar.

Sempre que você estiver perdendo um cliente e receita, olhe para essas 3 dicas seguidas pela maior empresa do mundo, e pergunte a si mesmo: “é a crise ou eu que não estou fazendo minha lição de casa?”.

 

Conheça nossa plataforma de loja virtual para você vender mais! onwebstudio.com.br/loja

 

Gostou do post?

Salve nosso blog nos seus favoritos do navegador e acompanhe nossas postagens semanais que podem ajudar, com dicas e informações, a você potencializar seu negócios e suas vendas!